«Se tenho apitado, roubava o golo do século ao Maradona» (vídeo)

Argentina 27-11-2020 16:45
Por Redação

Ali Bin Nasser, árbitro tunisino, apitou um dos jogos mais icónicos da carreia de Maradona. Responsável pelo Inglaterra – Argentina do Mundial-1986, o juiz recordou o papel que teve no segundo golo da albiceleste, considerado pela FIFA como o golo do século.

 

«Vi o Maradona a receber a bola no meio-campo, e coloquei-me logo muito perto. Tentaram derrubá-lo por três vezes, mas o desejo de marcar dele era tão grande que nunca foi ao chão. Quando ele chegou à área, pensei que ia ser finalmente derrubado, mas vejo-o passar outro defesa, contornar e marcar o golo. Em todos os contactos dei a lei da vantagem, se tenho apitado roubava o golo do século ao Maradona. Enquanto árbitro estou orgulhoso de ter participado nesse momento», assumiu à BBC.

 

 

Quanto à famosa mão de Deus, o golo inaugural da Argentina nesse desafio, Bin Nasser defendeu-se com o assistente búlgaro, Bogdan Dochev.

 

«Estava um pouco hesitante, mas olhei para o Dochev e ele já se estava a dirigir para o meio-campo, confirmando o golo. Não me deu nenhum sinal que tinha existido mão na bola. Nisso, a FIFA foi muito clara: se um colega estava em melhor posição que eu, tinha que respeitar a decisão dele. Foi o que fiz», concluiu.

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias

Mundos