Presidente da República preocupado com casos da Covid-19 no futebol

Moçambique 18-11-2020 18:52
Por Alexandre Zandamela, Maputo

O Presidente da República, Filipe Nyusi, manifestou-se preocupado com o elevado número de casos de infecção com o novo Coronavírus no futebol moçambicano, citando como exemplo mais flagrante a situação ocorrida com os Mambas, que na segunda-feira defrontaram em Maputo a selecção dos Camarões.

 

Falando esta quarta-feira, na Matola, na cerimónia de graduação de mais de 120 quadros formados no Instituto Superior de Defesa Tenente-General Armando Emílio Guebuza, Nyusi diz não encontrar razões para tantos casos positivos confirmados nos clubes do Moçambola e, mais recentemente, na segunda-feira, nos jogadores e parte da equipa técnica da selecção moçambicana.

 

«O exemplo vimos agora. Quisemos jogar futebol com os Camarões e quase 30 por cento dos testados eram positivos. É muito», vincou o Presidente da República.

 

O estadista moçambicano diz ter mandado fazer um estudo nos clubes que têm que voltar ao futebol e houve «acima de 16 por cento de contaminação», uma percentagem mais elevada em relação «aos jovens que estão nos mercados, ao pessoal da saúde e aos professores».

 

Recorde-se que, na véspera da partida com os Leões Indomáveis, para a quarta jornada do Grupo F da fase de qualificação para o CAN Camarões-2021, em que os Mambas perderam por duas bolas sem resposta, oito elementos da turma moçambicana testaram positivo, entre eles o seleccionador Luís Gonçalves, os “madeirenses” Zainadine Júnior, do Marítimo, e Witi, do Nacional, para além de Reinildo, do Lille, da França.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias