«Agora percebi que ganhei a camisola»

Volta a Itália 24-10-2020 18:21
Por Redação

Sem mais montanha para subir, Rúben Guerreiro foi este sábado declarado vencedor da camisola azul, símbolo de melhor na montanha. Está prestes a tornar-se no primeiro português a terminar uma das grandes voltas com uma das camisolas em disputa.

 

O corredor fica à frente do britânico Tao Hart, que este sábado passou o belga Thomas de Gent e Rúben deu os parabéns ao «grande amigo» que está na frente da geral com o mesmo tempo de Jai Hindley. «Falamos quase todos os dias, é como um irmão para mim, muito especial.»

 

Como foi ser rei da montanha: «Hoje tentei fazer boa corrida, nao sei como acabei, mas cheguei com Pozzovivo e Nibali, fiquei contente com as pernas, talvez um dia tente fazer o melhor na classificação geral. Foram muitos dias na fuga, hoje apenas pelotão e dar o meu melhor.»

 

«Chegar a Milão com esta camisola vai ser bom, só queria ir dia a dia, agora percebi que ganhei a camisola. É muito bom para a equipa, muito especial, é a minha primeira camisola numa grande volta estou feliz e motivado para o futuro», completou. 

 

 

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias