Principal rival de Rúben Guerreiro abandona

Volta a Itália 22-10-2020 11:30
Por Redação

O italiano Giovani Visconti (Vini Zabù-KTM) não esteve esta quinta-feira na partida para a Volta a Itália, o que deixa Ruben Guerreiro (Education First), atual líder, mais perto de garantir a camisola azul de líder da montanha.


«Giovani Visconti não vai partir para a 18.ª etapa do Giro, desde Pinzolo até Laghi di Cancano. O corredor tem sofrido há vários dias uma tendinite patelar, que foi tratada depois da etapa de ontem [quarta-feira], mas esta manhã voltou a ter dores, até a descer as escadas, fazendo-nos decidir pelo abandono», diz um comunicado da Vini.


Guerreiro destronou ontem Visconti da classificação da montanha ao vencer as duas primeiras subidas integrado numa fuga, somando 198 pontos, contra 148 do italiano.

 

Na etapa desta quinta-feira, que decorre, o corredor português já reclamou para si os pontos da primeira contagem, Campo Carlo Magno, uma montanha de segunda categoria.


O belga Thomas De Gendt (Lotto Soudal) é agora o ciclista mais perto, com 82 pontos, à partida para os 207 quilómetros da etapa de hoje, a 18.ª, que conta com quatro contagens de montanha, uma de categoria especial, no Stelvio, uma de segunda e duas de primeira, a última das quais coincidindo com a meta.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias