Liga responde ao Benfica e clarifica plano de retoma

Liga 26-09-2020 14:54
Por Redação

A Liga emitiu um comunicado em que responde às críticas do Benfica pelo facto de a Direção-Geral da Saúde não ter permitido a presença de convidados na triubuna da Luz e faz algumas clarificações acerca do plano de retoma que, no entender dos encarnados, lhes permitiria ter, sem autorização, 20 sócios a assistir à partida desta tarde com o Moreirense. Leia abaixo a resposta da Liga.

 

Comunicado:

 

«No passado dia 7 de Setembro a Liga Portugal divulgou, ao abrigo do n.º 2 do artigo 2.º do Regulamento da Federação Portuguesa de Futebol - Retoma da Prática Competitiva de Futebol, Futsal e Futebol Praia, COVID-19, e nos termos da disposição transitória 1.ª do Regulamento das Competições organizadas pela Liga Portugal (RC), o Plano de Retoma do Futebol Profissional.

 

Tal Plano foi elaborado em conjunto pela Liga Portugal com os Departamentos médicos e os Departamentos de Futebol de todas as Sociedades Desportivas.

 

O referido plano contempla, além do mais, as orientações relativas à organização dos jogos das competições profissionais da época desportiva 2020-21, que integram as normas e procedimentos estabelecidos na orientação 036/2020 da Direção-Geral da Saúde, que qualificou o futebol como uma atividade de risco médio.

 

A Liga Portugal remeteu para a Direção-Geral de Saúde o plano em causa e não recebeu daquela entidade qualquer reparo ou recomendação de melhoria ao documento.

No ponto 2.6, do anexo I, do referido Plano exarou-se que:

 

2.6. TRIBUNAS E CAMAROTES

 

Ora, resulta claro que na ocupação da Tribuna Presidencial, em nenhum momento se considerou a presença de sócios ou adeptos, mas sim o estipulado regulamentarmente e a orientação deste espaço para a presença de entidades regulamentares e/ou protocolares, aliás como tivemos oportunidade recente de verificar nos jogos da UEFA Champions League, realizados no nosso país, onde foi visível a presença das mais diversas representações protocolares e institucionais.

 

Qualquer interpretação distinta da que aqui está descrita é abusiva e desenquadrada daquilo que ficou acordado com as Sociedades Desportivas.

 

Como é do conhecimento público, a Liga Portugal tem agendada para o próximo dia 2 de Outubro uma reunião com a Secretaria de Estado da Saúde e a Direção-Geral da Saúde, para a continuidade do debate sobre a integração faseada de público nos estádios e onde será também abordada a possibilidade de ocupação de zonas corporate do estádio, algo que não se encontra permitido no plano de organização de jogo em vigor.

 

Por último, e em relação às considerações expressas no comunicado hoje publicado pelo Sport Lisboa e Benfica, Futebol SAD, a Liga Portugal, como tem sido seu tom ao longo das últimas épocas, não irá esgrimir acusações públicas com um dos seus associados.»

Ler Mais
Comentários (50)

Últimas Notícias