Depois de Darwin Nuñez, Villas Boas vira-se para outro alvo do Benfica

Marselha 24-09-2020 10:55
Por Redação

O uruguaio Darwin Nuñez e o colombiano Luis Suarez eram dois alvos referenciados por André Villas Boas para reforçar o ataque do Marselha. O primeiro mudou-se do Almeria para o Benfica, o segundo viu o Watford rejeitar a oferta apresentada pelo clube francês.

 

Segundo L’Equipe, e falhadas as contratações dos primeiros objetivos, o treinador português entregou à direção do Marselha uma lista com dois nomes com potencial para reforçar a equipa. Um deles é Carlos Fernández, avançado espanhol do Sevilha que na época passada representou, por empréstimo, o Granada, e que foi também associado ao Benfica.

 

Myron Boadu é o segundo nome desejado por Villas Boas. O jovem de 19 anos, do AZ Alkmaar, é apontado como uma das grandes promessas do futebol holandês. Na época destacou-se com 20 golos e 13 assistências em 39 jogos disputados pelo emblema holandês.

 

Escreve a mesma fonte que o Marselha tinha reservado 20 milhões de euros para reforçar o ataque, porém, parte dessa verba (€12 milhões) foi canalizada para a contratação de Luís Henrique ao Botafogo. O clube ficou, assim, com margem reduzida para negociar.

Ler Mais
Comentários (22)

Últimas Notícias