«Vão dizer que só marco golos de penálti…»

Manchester United 24-09-2020 14:00
Por Redação

Transferido do Sporting para o Manchester United, em janeiro, Bruno Fernandes teve impacto imediato em Old Trafford. Fez 22 jogos, ajudou na recuperação da equipa, que fechou a época no terceiro lugar da Premier League e acabou eleito o melhor jogador do clube para os adeptos.

 

Especialista na marcação de grandes penalidades – oito dos 12 golos marcados na época passada foram da linha de onze metros -, o internacional português não teve ainda esta época a possibilidade de converter um castigo máximo, ao contrário de Mohamed Salah, que marcou dois pelo campeão Liverpool frente ao Leeds United, na jornada inaugural.

 

«Não podemos falar disso porque todos vão dizer que só marco golos de penálti. Se os outros marcam não há problema», afirmou aos canais oficiais do clube, considerando que os penáltis «são parte do jogo»: «Tens a oportunidade, mas é preciso concretizá-la.»

 

«Toda a gente fala de penáltis como se fosse fácil marcar, mas podes perder uma final se não marcares. Para muitos, é fácil quando estás em frente à televisão – é olhar para o guarda-redes e, se ele salta para a esquerda, rematas para a direita. Ok, mas eu estava a pensar na rematar para esquerda e o guarda-redes acaba por defender. Pode acontecer. O que mais importa, para mim, é continuar a marcar», prosseguiu.

 

Ainda assim, Bruno Fernandes não quer ficar com todo o protagonismo pela marcação de grandes penalidades: «Não interessa quem marca, temos muita qualidade na equipa. Falei com Rashford, que era quem batia os penáltis antes de eu chegar, e disse-lhe: ‘Se te sentir confiante, se quiseres marcar, para mim não há qualquer problema’.»

 

«Sinto-me confiante para marcar e quero marcar, mas se alguém me pedir não vou brigar por isso. Até posso estar cansado ou não sentir confiança nesse momento e digo sem problemas ‘é teu, podes marcar’. Confio nos meus companheiros de equipa – Rashford, Martial e Pogba têm qualidade para o fazer. O que mais importa é marcar para o Manchester United, não interessa se sou eu ou outro a fazê-lo», rematou.

 

Ler Mais
Comentários (100)

Últimas Notícias