Governo português trava a fundo no regresso de adeptos aos estádios

COVID-19 23-09-2020 22:26
Por Redação

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, fez travagem a fundo no regresso de público aos estádios de futebol, alegando a onda crescente de casos positivos de Covid-19 em Portugal.

 

«É evidente que não podemos dar sinais contrários à evolução epidemiológica e ao estado de contingência do país. Seria mau que quem quer que seja tentasse dar incadores contrários à evolução da pandemia. Se a evolução epidemiológica for negativa, se continuar a haver crescimento de casos, é muito provável que os estádios continuem sem público», disse o Lacerda Sales em entrevista à SIC Notícias, reforçando, uma vez mais, a ideia de que o público do futebol é diferente de outros públicos, mesmo reforçando que há civismo no comportamento dos portugueses nas manifestações desportivas.

 

«O comportamento no futebol é de grandes emoções e paixões e sabemos que diferentes níveis de atividade da cultura têm comportamentos diferentes por parte das pessoas. Os adeptos portugueses sabem comportar-se, são disciplinados e têm consciência cívica... Quando for a altura certa (e não sabemos quando será), abriremos os estádios. Para já, com estes números e com a tendência crescente, não é previsível que tal aconteça», afirmou Lacerda Sales.

 

Está prevista uma reunião entre Liga Portugal e ministério de Saúde para o próximo dia 2 de outubro na qual o tema será, novamente, discutido.

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias