Antigo clube de Jesus obrigado a jogar com três guarda-redes no onze

AFC 23-09-2020 16:15
Por Redação

Situação insólita na Liga dos Campeões Asiática. A braços com um surto de Covid-19, o Al Hilal viu-se privado de 15 jogadores antes do desafio com o Al Ahli, a contar para a última jornada da Fase de Grupos.

 

Perante esta situação, o emblema da Arábia Saudita, por onde Jorge Jesus teve uma curta passagem em 2018, pediu à AFC o adiamento do jogo. Pedido que foi recusado, levando a que a partida tenha que ser obrigatoriamente disputada esta quarta-feira, às 19 horas.

 

Ora, para não ter falta de comparência, o Al-Hilal convocou os 11 jogadores disponíveis para a partida, entre os quais três guarda-redes. Quer isto dizer que dois deles, terão obrigatoriamente de jogar como jogadores de campo, sendo que Razvan Lucescu não vai ter qualquer substituto no banco.

 

Recorde-se que, à entrada para última ronda, o Al Hilal já garantiu a passagem à próxima fase, liderando o Grupo B com 11 pontos. Já o Al Ahli, terceiro com sete pontos, precisa obrigatoriamente de vencer e esperar por um escorregão do Pakhatokr (segundo com oito pontos), em casa do último Shahr Khodrou.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias