Juve pediu exame a Suárez, mas é Universidade de Perugia que está sob investigação

Itália 22-09-2020 18:51
Por Redação

O coronel Selvaggio Sarri, responsável pela investigação à Universidade de Perugia e ao exame de italiano feito por Luís Suárez, adiantou que foi Juventus a pedir o exame ao uruguaio, mas quem está sob investigação por irregularidades é a própria universidade «deslumbrada» por ter o jogador nas suas instalações. As conversas entre juízes foram apanhadas porque havia escutas nos telefones.

 

«A Juventus organizou o exame pois pretendia inscrever o jogador e a Universidade dispôs-se a fazê-lo o exame. O clube não está sob investigação, vamos ver o que vai acontecer. Para a Universidade, os problemas surgiram quando nos deparamos com uma pessoa que não tinha nenhum conhecimento de italiano. Não houve pressão externa, foi por iniciativa de quem trabalha na Universidade de Perugia, deixaram-se encantar por ter tal personagem. A investigação nasceu por acaso, como a maioria. Começámos, em fevereiro, a investigar a Universidade para Estrangeiros de Perugia por atividades não transparentes», explicou.

 

«O jogador também não arrisca uma punição, trata-se apenas de funcionários que não estão a fazer o seu tabalho. Tiveram o azar de fazer isto quando já estavam sob investigação», referiu à Rádio Punto Novo.

 

«Ganha 10 milhões, tem de passar no exame», «mas se nem os verbos consegue conjugar e só fala no infinitivo», «diz-me que nota dou a isto», «se não passar metem-nos uma bomba» ou «preparámo-lo bem, está a memorizar parte do exame» foram algumas das frases apanhadas nas escutas.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos