Nelson Oliveira no pódio com a Movistar: «Compensa todo os sacrifícios»

Volta a França 21-09-2020 08:32
Por Fernando Emílio

Nelson Oliveira esteve pela terceira vez no pódio da Volta à França com a Movistar, que voltou a vencer por equipas (2016, 2019 e 2020), registando cinco presenças que se iniciaram em 2014.

 

«Estar no pódio em Paris compensa todo os sacrifícios que tive ao longo das últimas seis semanas, sem ver a família. É um momento único na vida de qualquer corredor, que fica no álbum de recordações para um dia contar à minha filha. É difícil descrever aquele momento, que nos enche o coração e nos motiva para continuar no desporto que escolhemos. Não foram apenas as três semanas do Tour, também contam os dias em que estivemos em estágio» declarou Nelson a A BOLA.


«Foi talvez a corrida mais rápida dos cinco Tours em que participei. Depois, foi o ambiente que se criou por causa da pandemia e se fazia sentir nas partidas, chegadas e nos hotéis, onde tudo estava programado. Felizmente terminou sem problemas», prosseguiu. Numa análise à competição, o corredor da Movistar adiantou reconheceu que «Pogaçar foi o melhor e mais regular do pelotão», adivinhando «um grande futuro» ao jovem esloveno que, disse, «demonstrou uma grande maturidade nos momentos decisivos».


«A minha equipa realizou uma corrida dentro do previsto, pois a vitória por equipas era o principal objetivo. O 5.º lugar de Enric Mas foi excelente e o 12.º de Valverde muito bom. Pessoalmente cumpri a minha missão, tive uns dias melhor que outros, o que é normal. Faltou-me entrar numa fuga e tentar vencer uma etapa, que é o sonho de todos os que trabalham para os líderes das equipas, porque, para nós, a classificação individual não tem expressão», concluiu.


Nelson Oliveira regressa hoje a casa e parte amanhã para Itália onde vai representar a Seleção Nacional Portuguesa nos Campeonatos do Mundo.

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias