SAD quer subir cláusula de Gonçalo Ramos e aceita aumento superior a 600 por cento

Benfica 08:11
Por Redação

O Benfica assumiu no imediato a abertura para tornar Gonçalo Ramos em muito mais que uma mera promessa da formação. Em cima da mesa está um aumento salarial superior a 600 por cento (dos atuais 90 mil euros brutos/ano para €600 mil brutos anuais), uma extensão no vínculo de 2024 para 2025 e a subida da cláusula de rescisão dos atuais 88 milhões de euros para €120 milhões, a mesma que tinha João Félix.

 

Este seria um passo dado com toda a naturalidade mas neste caso as circunstâncias são diferentes. Ao que A BOLA apurou, o jogador está renitente em aceitar, por duas ordens de razão: as perspetivas que tem no futuro imediato no clube e a possibilidade de mudar de empresário a breve prazo.

 

A BOLA sabe que está para breve uma reunião ao mais alto nível para resolver um processo mais delicado do que em princípio se poderia supor. O futuro está em aberto.

 

Leia a notícia na íntegra na edição impressa ou na edição digital de A BOLA

Ler Mais
Comentários (115)

Últimas Notícias