FC Porto renuncia à Volta ao Luxemburgo

Ciclismo 15-09-2020 10:49
Por Fernando Emílio

A W52-FC Porto renunciou a estar presente na Volta ao Luxemburgo, que decorre de hoje até domingo, por razões sanitárias.

 «Face à situação que se vive na Europa e em particular no Luxemburgo devido ao Covid-19, para segurança de todos os elementos que deveriam estar presentes na corrida, decidimos cancelar a nossa participação», deu conta a A BOLA o principal responsável da equipa, Adriano Quintanilha, aludindo aos recentes 7244 casos confirmados (124 mortes) naquele país.

«Já tínhamos toda a logística  programada e preparada, mas depois de analisarmos a situação tivemos de ser realistas, porque a Volta a Portugal é o nossos grande objetivo», precisou o também administrador da empresa W52, que patrocina a equipa. «Admitamos que a deslocação resultava em caso positivo num dos nossos corredores. A partir daí todos eram obrigados a entrar em quarentena, a poucos dias de se iniciar a Volta a Portugal. O nosso principal objetivo iria por água abaixo, porque os seis corredores que iriam ao Luxemburgo são os que deverão estar à partida em Fafe. Estamos a criar todas as condições para que 10 corredores possam correr o mínimo de riscos possíveis para não termos problemas, o que não quer dizer que não aconteçam ao virar da esquina», lembrou Adriano Quintanilha.

Foi, aliás, com vista a preparar a Volta a Portugal, que a equipa passou três semanas a estagiar em Navacerrada, nas proximidades de Madrid. «Alugámos cinco apartamentos para criar  todas as condições. E se for necessário outro estagio depois do Troféu Joaquim Agostinho, estamos disponíveis para tal, o que só fortalece a decisão que tomámos», acrescenta o mesmo responsável, pouco preocupado com eventual penalização da UCI face à desistência de ultima hora. «Nesse caso teremos de nos sujeitar aos regulamentos, mas não deverá ser por aí além. Importante é que os portistas e as gentes do ciclismo entendam que esta decisão tem por objetivo defender a saúde dos corredores e dos acompanhantes.»

Ivo Oliveira e Rui Oliveira (UAD) serão, assim, os únicos representantes portugueses na prova luxemburguesa.
 

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias