SAD tenta reaver no mercado investimento de €19 milhões

Sporting 13-08-2020 09:28
Por Eduardo Marques

É costume na gíria do futebol dizer-se, meio a brincar meio a sério, que os jogadores são como os melões, ou seja, só depois de abertos se sabe se são bons. E a verdade é que há uns que se assumem como verdadeiras soluções e mais-valias, outros nem por isso. No Sporting, como em quase todos os clubes, há apostas de milhões que não correspondem às expectativas e que a SAD terá a sempre difícil missão (porque não jogando desvalorizam) de tentar reaver o investimento feito.


Olhando para as contratações desde que Frederico Varandas  assumiu os destinos do futebol (a primeira intervenção foi no mercado de janeiro de 2018/2019) são vários os jogadores que não cabem na ideia de jogo de Rúben Amorim. Um total de sete jogadores, por quem a SAD pagou quase 19 milhões de euros que, no contexto atual, serviriam por exemplo para dar margem negocial aos leões nas contratações de Wanderson Maciel e de Lyanko, dois jogadores que a SAD já fez saber que gostaria de contratar na reestruturação inevitável do atual plantel.

 

Se é verdade que todos os jogadores estão à venda pelo preço certo, há alguns que a SAD procura colocação definitiva de forma a abrir vagas no plantel e libertar verbas na folha salarial.

 

Logo no primeiro ataque ao mercado, em janeiro de 2018/2019, o Sporting contratou Luiz Phellype, Doumbia, Ilori, Borja e acionou a opção por Renan. Neste momento, a aposta passa por tentar reaver o investimento feito em todos, sendo que nessa janela de mercado as boas apostas foram mesmo Matheus Nunes e Gonzalo Plata para os escalões mais jovens.

 

No último defeso chegaram Luís Neto, Vietto, Rosier, Camacho e Eduardo Henrique (além de Jesé, Bolasie e Fernando) para a equipa principal, e se os emprestados saíram de forma antecipada, dos restantes Rúben Amorim parece contar apenas com Neto, Vietto e o jovem Rafael Camacho. Já no mercado de Inverno, Sporar foi a única contratação e, pelo que mostrou em campo, acertada.

 

Apostas que não surtiram o efeito desejado, que por um motivo ou outro não singraram de leão ao peito, e que a SAD tenta encontrar neste mercado atípico uma   solução que lhe permita minimizar o prejuízo do investimento realizado em três mercados.
 

Ler Mais
Comentários (58)

Últimas Notícias

Mundos