Volta à Polónia: Pedersen dedica vitória a Jakobsen

Ciclismo 06-08-2020 19:29
Por Redação

O dinamarquês Mads Pedersen (Trek) dedicou a vitória na segunda etapa da Volta à Polónia ao holandês Fabio Jakobsen, hospitalizado na quarta-feira na sequência de uma queda arrepiante na reta final da triada inaugural.


«Dedico esta vitória a Jakobsen. Desejo-lhe uma recuperação rápida, espero que possa voltar a ter uma vida normal e regressar ao ciclismo», disse o campeão do mundo no final da corrida.

 

Jakobsen embateu violentamente nos separadores após um encosto do compatriota Dylan Groenewegen e foi hospitalizado com lesões graves na cabeça e no rosto. Durante a noite, em coma induzido, foi submetido uma cirurgia de cinco horas. Segundo os médicos encontra-se em «estado grave, mas estável».

 

Desclassificado da prova, Groenewegen, cuja ação foi considerada «criminosa» por outros corredores, já veio a público pedir desculpa: «O que aconteceu foi terrível. Não consigo encontrar palavras para explicar o quão arrependido estou pelo que aconteceu a Jakobsen. Não consigo parar de pensar nele.»

 

Com a vitória na segunda etapa (151,5 quilómetros, entre Opole e Zabrze), Pedersen assume a liderança da prova com uma vantagem de dois segundos sobre o alemão Pascal Ackermann, segundo na tirada de hoje que terminou com nova chegada em pelotão.

 

Rui Costa (UAE Team Emirates) foi o melhor português, ao cruzar a meta no 17.º lugar, enquanto o companheiro de equipa Rui Oliveira foi 34.º, também com o mesmo tempo do vencedor (3.26,02 horas). Ivo Oliveira foi 142.º a 53 segundos do pelotão.
 

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos