Depois de Kyrgios, Nadal anuncia que também não vai participar no US Open

Ténis 05-08-2020 09:15
Por Redação

Rafael Nadal anunciou, esta quarta-feira, que não irá participar no US Open [disputado de 31 de agosto a 13 de setembro], torneio no qual saiu vencedor no ano passado, justificando a decisão pela «situação sanitária complicada» devido à pandemia de Covid-19.

 

«Depois de pensar muito, decidi não participar no US Open deste ano. A situação sanitária continua muito complicada em todo o mundo (...) Sabemos que o calendário deste ano depois de quatro meses sem jogar é uma barbaridade, embora entenda e agradeça os esforços que todas as partes estão a fazer para que se joguem torneios.

 

O segundo classificado do ranking mundial acrescentou que «não queria tomar esta decisão», mas está a seguir o seu «coração». Neste sentido, Nadal vê afastada a hipótese de poder igualar o suíço Roger Federer, quarto do ranking da ATP, em conquistas do Grand Slam. 

 

O anúncio de Nadal surge dias depois de uma publicação de Nick Kyrgios na qual o tenista dava conta de que não iria participar no mesmo torneio. «Não jogarei este ano no US Open. Custa-me muito, mas estou a tomar esta decisão pelas pessoas, pelos meus compatriotas, pelos milhares de norte-americanos que perderam a vida, por todos», afirmou o jogador, 40.º classificado do ranking mundial.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Tras pensarlo mucho he decidido no participar en el US Open de este año. La situación sanitaria sigue muy complicada en todo el mundo con casos de COVID-19 y rebrotes que parecen fuera de control. Sabemos que el calendario de este año tras 4 meses sin jugar es una barbaridad, si bien entiendo y agradezco los esfuerzos que todas las partes están poniendo para que se jueguen torneos. Acabamos de tener la noticia de que el torneo de Madrid también ha sido anulado. A dia de hoy la situación es complicada para hacer torneos y todo mi respeto a la USTA, organizadores del US Open y a la ATP por los esfuerzos que están haciendo para que se juegue el torneo para los millones de fans que lo verán por TV o en las plataformas digitales. Esta es una decisión que no querría tomar pero en este caso sigo mi corazón para decidir que por ahora prefiero no viajar. After many thoughts I have decided not to play this year’s US Open. The situation is very complicated worldwide, the COVID-19 cases are increasing, it looks like we still don’t have control of it. We know that the reduced tennis calendar is barbaric this year after 4 months stopped with no play, I understand and thank for the efforts they are putting in to make it happen. We have just seen the announcement of Madrid not being played this year. All my respects to the USTA, the US Open organisers and the ATP for trying to put the event together for the players and the fans around the world through TV. This is a decision I never wanted to take but I have decided to follow my heart this time and for the time being I rather not travel.

Uma publicação partilhada por Rafa Nadal (@rafaelnadal) a

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos