Mourinho, Klopp e o castigo levantado ao Man. City: «É vergonhoso»

Inglaterra 14-07-2020 14:33
Por Redação

Dia de conferências de imprensa em Inglaterra e a maioria dos treinadores foram convidados a comentar o levantamento do castigo ao Manchester City, que por recurso ao TAS inverteu um castigo de 2 anos sem ir à Champions e reduziu uma multa de 30 para 10 milhões de euros, a que tinha sido condenado por irregularidades no fair play financeiro.

 

Ao seu estilo, Mourinho não teve papas na língua: «É uma decisão vergonhosa. Porque se o City não é culpado, então não deveria ter de pagar os 10 milhões de multa. Se não és culpado não deves ter nenhuma multa. Se são são culpados, a decisão também é vergonhosa, deveriam ser expulsos da competição. Não sei se o Manchester City é culpado ou não, mas esta decisão [do TAS] é vergonhosa.»

 

Também Jurgen Klopp, treinador do Liverpool comentou a inversão do castigo da UEFA: «Do ponto de vista pessoal, estou contente que eles possam jogar a Champions, porque com [o cansaço de] menos 12 jogos as outras equipas da Premier League não teriam hipótese contra eles. Por outro lado não lhes desejo mal, mas não creio que tenha sido um bom dia para o futebol. O fair play financeiro é uma boa ideia e serve para proteger equipas e competições para que ninguém gaste a mais e para que o dinheiro que os clubes querem gastar provenha dos sítios corretos. Sou da Alemanha, onde o modo de gestão dos clubes é diferente [sem donos]. Fica claro de onde vem o dinheiro.»

 

 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (26)

Últimas Notícias