Paulinho lança candidatura a melhor marcador da Liga

SC Braga 12-07-2020 09:38
Por Pedro Barros

Paulinho já fez questão de sublinhar que o desafio, quando entra em campo, é só um: ajudar o SC Braga a assegurar o terceiro lugar da Liga e, como consequência da ultrapassagem ao Sporting, projetar diretamente o emblema minhoto para o mediático cenário da fase de grupos da Liga Europa na próxima época.


A mensagem do avançado foi esclarecedora no final da partida com o Paços de Ferreira, que os bracarenses venceram, por 5-1, com o jogador português a ser o autor dos três primeiros golos e a cravar a sua marca no quarto, através de uma sublime assistência para Ricardo Horta. Paulinho tinha acabado de assinar um dos momentos mais felizes da sua vida de futebolista - o primeiro hat-trick da carreira -, contudo, acentuou a sua missão em benefício do coletivo.


Mas alguns dos números são exclusivamente respeitantes ao atacante natural de Barcelos, apesar do importante contributo dos companheiros e da leitura que deles se faça não conseguirá escapar. Desde logo, Paulinho libertou-se da companhia de Taremi (Rio Ave) na lista de melhores marcadores da competição e juntou-se a Pizzi no segundo lugar, com 17 golos, ameaçando a liderança do brasileiro Vinícius, também do Benfica, que soma 18 tentos marcados. O hat-trick de Paços de Ferreira relançou a candidatura do atacante dos minhotos à conquista da Bola de Prata, troféu que passou pela última vez pelas mãos de um português em 1995/1996. Foi Domingos Paciência a alcançar esse feito, pelo FC Porto. Desde então, já outros futebolistas nascidos em Portugal e com presença integral na área tentaram levar para casa a valiosa distinção, mas sem sucesso, casos de Nuno Gomes, João Tomás e André Silva.


Só as duas empreitadas já apresentadas seriam motivo mais do que suficiente para Paulinho se lançar ferozmente às redes contrárias nos jogos que se aproximam, frente a Belenenses, Tondela e FC Porto, na expectativa de obrigar a escrever novas páginas da história do futebol português.

 

Leia o artigo completo na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (11)

Últimas Notícias

Mundos