Marega e Soares afastam crise no ataque

FC Porto 07-07-2020 13:34
Por Pascoal Sousa

Tiquinho Soares tirou a barriga de misérias, depois de 12 desafios sem celebrar o golo e Marega confirmou que está de volta aos bons velhos tempos. Ambos atiraram dinamite à muralha do Belenenses, numa noite de sublime atração dos dragões pela baliza de Koffi que rendeu a maior goleada da temporada. 

 

Dois festins seguidos em casa - o Boavista também foi esmagado por 4-0 numa segunda parte devoradora dos azuis e brancos - sinalizam o caminho para um título nacional que não vai seguramente escapar ao FC Porto.
 

No caso de Soares e Marega há essa curiosidade de terem estado algum tempo sem marcar no mesmo jogo. Antes do Belenenses, a última vez que acontecera fora num palco de eleição, o Estádio de Alvalade, a 5 de janeiro, na 15.ª jornada. O maliano abriu o ativo aos seis minutos e Tiquinho Soares ampliou aos 73, anulando o empate alcançado por Marcos Acuña.

 

Um jogo de boa de memória para os dragões, que venceram por 2-1 ao Sporting, na época orientado por Jorge Silas. Foi um momento marcante da campanha do FC Porto porque há 11 anos que os dragões não venciam em Alvalade e acerto da dupla Marega/Soares foi determinante para quebrar essa espécie de maldição. Por outro lado, foi também o primeiro triunfo de Sérgio Conceição na casa do leão como treinador.

 

A crise dos avançados já é tema do passado no FC Porto. É verdade que as referências atacantes da equipa sofreram um certo apagão antes do campeonato parar por causa da pandemia e nas primeiras jornadas da retoma, mas o bis de Marega ao Boavista e o golo ao Belenenses tiveram efeito catalisador, pois também Luis Díaz saltou de um certo marasmo para apontar um dos mais belos tentos da época e o jovem extremo Fábio Vieira fez a estreia a marcar.

 

O caso de Soares era o mais singular: 12 jogos sem molhar a sopa foi, de longe, o seu pior ciclo como profissional. Nada como um Belenenses para recuperar a inspiração: afinal, foi a sexta vez que o brasileiro marcou a este adversário.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (10)

Últimas Notícias