Emissário no Rio para desbloquear Jesus

Benfica 06-07-2020 10:24
Por Redação

Luis Filipe Vieira, presidente do Benfica não desiste de tentar o regresso à Luz de Jorge Jesus, treinador português que orienta o Flamengo. Numa altura em que a SAD encarnada procura sucessor para Bruno Lage, o técnico de 65 anos continua a ser o nome no topo da lista do líder encarnado, que tem consciência que o processo não é propriamente de simples concretização e que os riscos de insucesso são enormes. Ainda assim, está disposto a não desistir e nesse sentido conseguiu que Bruno Macedo, agente próximo do treinador português viajasse para o Rio de Janeiro ao encontro de Jesus e mandatado para estabelecer uma plataforma de diálogo com os responsáveis do Flamengo.


Bruno Macedo mantém bom relacionamento com Jesus desde a altura em que este era treinador do SC Braga, e foi precisamente ele o homem que juntamente com Lucca Bertolucci, filho do empresário Giuliano Bertolucci, fechou em maio do ano passado a transferência do técnico para o Flamengo. Mais recentemente, aquando do processo negocial para a renovação de contrato de mais um ano com o clube campeão brasileiro, foi também Macedo a conduzir todo o processo. Em Portugal, Macedo é representante de Kia Joorabchian, agente anglo-iraniano que representa vários jogadores de renome mundial, sobretudo em Inglaterra.
Dado o bom relacionamento do agente com a diretoria do Flamengo e com o próprio Jorge Jesus, Luís Filipe Vieira entende que ninguém melhor que Macedo para tentar concretizar aquilo que inicialmente parecia impossível nesta altura, mas que a pouco e pouco vai ganhando novos contornos que permitem ver uma réstia de luz ao fundo do túnel.


Quando há duas semanas, após  a derrota caseira do Benfica com o Santa Clara, Bruno Lage ficou com o destino traçado e Vieira assumiu que o setubalense não continuaria na próxima época, e de imediato iniciou conversas com Jorge Jesus, a resposta foi inequívoca: «Nesta altura não posso.» O treinador assumira compromisso de honra com parte dos jogadores, como Gabigol, Bruno Henrique e outros, que apenas ficavam se o técnico também não fosse embora.      
Mas o Covid-19 teima em não dar tréguas no Brasil e a verdade é que apesar do início do Brasileirão estar agendado para 8 e 9 de agosto, ninguém sabe nesta altura se assim efetivamente acontecerá. Isto porque a um mês dessa data, todos os estaduais (tirando o do Rio) estão ainda suspensos e sem data de regresso.

 

E sem estaduais concluídos, o Brasileirão não pode arrancar. Por outro lado, a Libertadores também ainda não tem dada confirmada para recomeçar. Perante esta incerteza, Jesus balança entre continuar no Brasil ou ceder ao convite para regressar ao Benfica e para perto da família. O tema, como se vê, é sensível. Mas na Luz, Vieira está disposto a esperar e só depois avançará para outras vias se falhar o plano JJ.            *com Nuno reis


 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (242)

Últimas Notícias