Quando voltar já nem sei correr ou chutar uma bola (artigo de Edite Fernandes)

A BOLA É MINHA 16-06-2020 14:24
Por Edite Fernandes

Isolados mas não sozinhos, confinados mas não alheados. Num momento único na história mundial, a capacidade de refletir sobre as nossas experiências e o que nos rodeia é, também, uma forma de liberdade. A BOLA dá voz aos grandes protagonistas do desporto em crónicas assinadas na primeira pessoa sob o título ‘A bola é minha’. Sem filtros.

 

Têm sido dias complicados, no meu caso estou e estive a trabalhar desde o início do estado de emergência em que o País entrou. Não é fácil estar quase como na linha da frente, dar a cara ao público, em contacto permanente com as pessoas.

 

Com todos os medos e receios de contrair o vírus, voltares a casa e não saberes o que te espera no dia de amanhã. É um enorme desgaste físico e mental, mas que se vai superando a cada dia com todas as nossas forças e muita fé.

 

Não sendo profissional de futebol (já o fui), o meu dia a dia resume-se a trabalho-casa, casa-trabalho, mas sempre com o coração nas mãos. Até ao dia de hoje não aconteceu nada de mal, mas estamos sempre em risco.

 

Quando se fala da minha paixão pelo futebol, o caso muda de figura! Nestes tempos chegava a sair do trabalho e a enganar-me no caminho, seguindo em direção ao clube [Futebol Benfica] em vez de ir para casa. O hábito, o ambiente, as saudades das colegas, o pisar a relva e calçar as chuteiras, deixou de ser rotina. Passaram a ser dias tristes, de não saber o que fazer, de tentar ocupar o tempo com observação de jogos e outras coisas que me mantivessem ocupada. Para quem ama este desporto, como eu... foi como se ficasse sem chão, quem vive isto de uma forma apaixonante, como eu… sabe bem do que falo. Fica tudo tão vazio...

 

Em tom de brincadeira, às vezes digo que quando voltar já nem sei correr ou chutar uma bola, fico sempre com receio de tropeçar na bola.

 

Na realidade aquilo que desejo é que tudo volte ao normal dentro daquilo que é possível e sempre com todas as regras de higiene e segurança.

 

Voltamos este mês, provavelmente, e estou muito ansiosa que comecem os treinos, mesmo que sejam ainda com algumas restrições.

 

Sinto falta de tudo o que envolve o futebol, de ver o clube cheio de crianças nos campos e de toda agitação que acontece antes de um treino.

 

Com toda esta situação existem algumas incertezas em relação a datas... quando começa campeonato, por exemplo, é uma delas e que tipo de regras e normas estarão implementadas para o início. Houve mudanças significativas no que à Liga BPI diz respeito, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu alterar os quadros competitivos, existindo agora 20 equipas divididas por zonas Norte e Sul.

 

Faz-me lembrar há 20 anos quando existia um campeonato nesses termos, na minha opinião vai acabar por perder qualidade e ser menos competitiva… Se nos últimos anos o futebol feminino estava a conquistar o seu espaço no desporto nacional, com entrada dos clubes grandes, com transmissões de jogos na televisão, com o apuramento da Seleção Nacional para a fase final do Europeu e, de repente, tudo muda, voltamos a outros tempos... Vamos ver no que dá...

 

Sou uma pessoa de fé e acredito que, em breve, tudo vai voltar a ser o que era. Quer dizer, igual nunca será, mas só por voltarmos a treinar em breve já será uma alegria para todas nós.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos