Governo admite Volta a Portugal

Ciclismo 11-06-2020 09:28
Por Fernando Emílio

«Tudo está no bom caminho para que este ano possa haver Volta a Portugal. No quadro da pandemia Covid-19, o Troféu Joaquim Agostinho, em julho [18 a 20], servirá de teste para uma decisão final sobre a realização da Volta», avançou o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, ontem, em Torres Vedras, acerca da realização da prova rainha do ciclismo nacional.

 

«Ninguém duvida de que, a acontecer, a prova não terá aquela festa e ajuntamentos de pessoas que momentos tão inesquecíveis trouxeram a muitos e que este ano não poderão acontecer nesses termos. O plano apresentado pela Federação Portuguesa de Ciclismo recolheu os maiores elogios por parte da Direção Geral de Saúde e está a ser trabalhado», acrescentou João Paulo Rebelo.

 

A confirmar-se a possibilidade de o Governo só tomar uma decisão depois do Troféu Joaquim Agostinho, o adiamento da Volta a Portugal para data posterior à anunciada (29 de julho a 9 de agosto), conforme A BOLA deu conta na edição de ontem, será assim inevitável face à curta margem de manobra para organizar a corrida, surgindo a segunda quinzena de agosto como mais provável, sem descartar setembro.

 

Condicionada ficará a transmissão televisiva por parte do canal público. Sendo a RTP detentora dos direitos da Volta à França, a disputar de 29 de agosto a 20 de setembro, as hipóteses viáveis apontam para que a Volta a Portugal se venha a disputar de 12 a 23 ou de 19 a 30 de agosto, com a segunda hipótese a fazer coincidir a prova com os primeiros dois dias do Tour. Nada que não se resolva com alguma compreensão, podendo a corrida francesa ser transmitida na RTP3 e a duas últimas etapas da portuguesa na RTP1.

 

No calendário de provas internacionais da UCI a divulgar amanhã a Volta a Portugal irá constar na data de 29 de julho a 9 de agosto mas, face ao exposto, sujeita a alterações, mantendo-se também as possibilidades de pertencer à categoria 2.1, descer a 2.2 provisoriamente ou até ser de âmbito nacional, tudo dependendo das negociações entre a organização e a Federação Portuguesa de Ciclismo e da imperativa questão da componente orçamental.
 

 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos