Antigo nutricionista revela como impediu ‘tragédia’ na final da Libertadores

Flamengo 07-06-2020 16:45
Por Redação

O ano de 2019 foi verdadeiramente brilhante para o Flamengo, que com Jorge Jesus ao leme venceu o Brasileirão e também a Libertadores, esta quase 40 anos após a última conquista. Na final, os brasileiros venceram o River Plate por 2-1 mas o caso podia ter sido bem diferente, não fosse a intervenção de Thiago Monteiro, antigo nutricionista da equipa técnica do português.

 

«Quando chegámos ao hotel, vimos que só havia sumo natural. Mas quando jogamos fora, só bebemos sumo de pacote. Apesar de ser menos saudável, não corremos o risco da contaminação pela água.

 

- O gerente do hotel chegou a mostrar-me vários certificados da qualidade de água, tudo o que precisava, mas eu disse-lhe logo que queria os sumos de pacote já no primeiro pequeno-almoço. Deixei a equipa técnica tomar o sumo natural mas os jogadores reclamaram. Expliquei que era melhor não usar a água do hotel», começou por contar Thiago Monteiro ao canal de YouTube Pilhado.

 

No segundo dia do estágio em Lima, no Peru, vários membros da equipa técnica começaram a sentir forte indisposição gástrica. «Diziam que tinham comido algo que fez mal e estavam com diarreia. No terceiro dia já eram uns setes naquele estado. Percebi logo que tinha sido a água. No dia do jogo, 90 por cento da equipa técnica estava com problemas, até eu. Imaginemos se isto acontecesse com 90 por cento dos jogadores. Até conseguiriam jogar, mas desidratados, com diarreia, como seria a performance deles? 38 anos sem jogar a Libertadores e quando chega a hora a equipa estava a sentir-se mal… O nutricionista estaria morto!»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (3)

Últimas Notícias

Mundos