Quaresma entra na história do Sporting

Sporting 06-06-2020 09:28
Por Redação

É muito natural que Eduardo Quaresma, defesa-central de 18 anos, jamais esqueça o jogo de quinta-feira passada, em Guimarães, diante do Vitória local.

 

Primeiro, porque cumpriu um sonho, ele que chegou ao Sporting ainda menino e desde logo estabeleceu como meta representar o clube pela sua equipa principal. Aliás, ainda ontem, na sua página no Instagram, reforçava essa ideia. «A estreia de um menino que sempre sonhou com isto», escreveu o jovem jogador, que apenas lamentou o empate: «Não foi o resultado que merecíamos, mas vamos dar mais, obrigado pelo vosso apoio em casa.»


O que Eduardo Quaresma porventura desconhece é que, ao ser escolhido por Rúben Amorim para entrar de início, entrou na história do Sporting. E porquê? Porque se tornou no mais jovem defesa-central a jogar pela principal equipa do leão, ele que tem, neste momento, 18 anos e três meses, superando Tiago Ilori, que se estreou em 2011, e Venâncio, que fez o primeiro jogo em 1982, ambos então com 18 anos e oito meses.
Começou aqui, pois, o trajeto profissional de mais um jogador formado no Sporting, ele que, apesar de cobiçado por alguns clubes estrangeiros, nunca colocou sequer a hipótese de deixar o Sporting sem se estrear pela equipa principal.


Ao mesmo tempo, Eduardo Quaresma entrou para o restrito lote de jovens futebolistas que chegaram ao melhor onze do Sporting ainda muito jovens, independentemente da posição. O defesa-central é, neste momento, o sétimo jogador mais jovem a estrear-se pela equipa profissional dos leões no século XXI.


 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (21)

Últimas Notícias