Medidas mais restritivas em Lisboa

COVID-19 29-05-2020 22:39
Por Gabriela Melo

A Área Metropolitana de Lisboa está sujeita a algumas restrições previstas na terceira fase de desconfinamento, que avança na segunda-feira, devido à evolução do número de casos de Covid-19, explicou o primeiro-ministro, António Costa, no final da reunião semanal do executivo, hoje, para definir as novas medidas.

 

As restrições definidas pelo Governo incluem o reforço da vigilância epidemiológica, em particular em atividades que concentram «um elevado número de focos de infeção: obras de construção civil e trabalho temporário»; planos de realojamento de emergência para permitir «a separação de pessoas infetadas»; ajuntamentos limitados a 10 pessoas; veículos privados de transporte de passageiros com lotação máxima de dois terços e uso obrigatório de máscara; veículos com lotação superior a cinco pessoas apenas com dois terços da capacidade, salvo se todos os ocupantes integrarem o mesmo agregado familiar; e encerramento das áreas de consumo de comidas e bebidas dos centros comerciais.

 

 Em Lisboa, permanecem encerrados os centros comerciais e as Lojas do Cidadão até quinta-feira, quando a medida será reavaliada, e caberá os municípios avaliar a continuação da suspensão de funcionamento das lojas com área superior a 400m2 e a realização de feiras.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias

Mundos