Administração da SAD definiu preço por Coates e Acuña

Sporting 23-05-2020 10:22
Por Nuno Raposo

Os efeitos da pandemia de Covid-19 afetam também a saúde financeira dos clubes e consequência disso os valores dos passes dalguns jogadores estão pelas administrações a ser revistos em baixa. Acontece com Coates, por quem os leões tinham previsto poder fazer um encaixe superior a €10 M, mas que agora aceitam negociar a partir dos €8 M.

Não que o rendimento desportivo do defesa-central de 29 anos tenha caído, antes porque o novo coronavírus infetou também as possíveis transferências de verão. 

 

A administração do Sporting, antes da pandemia de Covid-19, previa colocar alguns jogadores neste mercado estival. Todos eram considerados transferíveis, mas se para uns, como Wendel e Gonzalo Plata, a ideia era só aceitar conversar por valores acima dos €20 M pelo médio brasileiro e de €30 M pelo extremo equatoriano, ou seja, a ideia era (e ainda é) não fazer muitas ondas no mercado, para outros a intenção leonina era (e ainda é) dar sinais de que pretende negociar. Marcos Acuña é um desses jogadores, Coates é outro.

 

Ambos internacionais, o lateral/extremo-esquerdo pela Argentina e o central pelo Uruguai estavam no lote de ativos por quem os verdes e brancos previam maiores encaixes, sempre fundamentais para as contas dos clubes. E os dois continuam com esse estatuto de principais ativos a transferir. O camisola 9, como A BOLA noticiou, viu a administração rever em baixa o valor pelo qual aceita conversar, dos €20 M para os €15 M; o camisola 4, que antes da pandemia tinha como expectáveis negociações acima dos €10 M, vê agora a revisão apontar para menos €2 M, ou seja, para os €8 M.

 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (34)

Últimas Notícias