Rússia pede anulação do castigo

Jogos Olímpicos 11-04-2020 08:36
Por Redação

O ministro russo do desporto lançou ontem um apelo politico às autoridades internacionais do desporto. O objetivo é que o Mundo esqueça o escândalo de dopagem de Estado promovida pela Rússia e anule os castigos impostos ao país, entre os quais o principal é o impedimento de participar nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que se realizarão em 2021.


«O Mundo está parado, está isolado, está em casa. Neste momento, existem prioridades e existem problemas que passam para segundo plano. A prioridade no desporto é o futuro do movimento olímpico e esta sanção prejudica-o muito. É altura de virar a página e a Rússia está disponível para receber e organizar vários eventos internacionais quando isto passar», declarou Oleg Matytsin.


A Rússia aguarda decisão do Tribunal Arbitral de Desporto relativa ao recurso que apresentou ao castigo. O país, recorde-se, foi condenado após a Autoridade Mundial Antidopagem revelar em 2016 relatório que dava conta de intervenção estatal e dos serviços secretos da Rússia num programa de dopagem de atletas para os Jogos de Londres-2012, Sochi-2014  e Mundiais de atletismo de 2013.
 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos