Leão tem €2 milhões de Misic em risco

Sporting 31-03-2020 12:08
Por Mário Rui Ventura

A pandemia de Covid-19 pode custar ao Sporting menos 2 milhões de euros a entrarem nos cofres da administração - só num dossier. Porque o PAOK, que já tinha decidido acionar a opção de compra de Misic, que está cifrada nos 2 milhões de euros, recuou e está a estudar agora se pode, ou não, avançar para a aquisição definitiva do passe do jogador. Os gregos estão a fazer contas à vida.

 

Foi no inverno de 2019, depois de ter feito apenas três jogos nessa temporada, que os leões, aproveitando a janela do mercado de transferências aberta durante o mês de janeiro, colocaram, por empréstimo, o médio de 25 anos no emblema de Salónica. Os gregos receberam assim o jogador por ano e meio, ou seja até junho de 2020, podendo acionar cláusula para a aquisição do passe de forma definitiva através do pagamento de €2 M, tendo de o fazer, se assim o entenderem, até ao próximo dia 31 de maio. E o PAOK já tinha decidido avançar, como A BOLA noticiou em primeira mão. Até que o novo coronavírus parou o mundo...

 

Os dirigentes do clube de Salónica tinham inclusivamente chegado já a acordo com o internacional A pela Croácia - tem duas internacionalizações - sobre os termos do contrato que iriam assinar, válido por três épocas (até junho de 2023). Mas agora, apurámos, recuaram.

A pandemia de Covid-19, como é natural e por todos assumido, vai afetar grande parte dos clubes a nível financeiro e por isso os gregos vão agora ter de analisar o tipo e o volume de perdas que se vão registar até final da época e também planear que tipo de orçamento estará disponível para 2020/2021. Ou seja, o PAOK vai estudar, antes de acionar a cláusula, se pode investir não apenas na contratação definitiva de Misic mas também na de outros jogadores. No caso do leão o prazo, final de maio, pode ser uma condicionante extra.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (7)

Últimas Notícias