«A minha mãe está em coma. É sério!»

COVID-19 26-03-2020 10:08
Por Nuno Perestrelo

Karl-Anthony Towns, 24 anos, estrela da NBA, deixou sério aviso aos fãs através de uma mensagem em vídeo, difundida na sua conta pessoal de instagram.

 

O jogador dos Timberwolves, que a 15 de março dou 100 mil dólares à clínica Mayo, nos EUA, para apoiar na luta contra o Covid-19 relatou, em lágrimas, como numa semana apenas, a sua vida ficou virada do avesso pela pandemia que parou o Mundo.

 

«É importante que todos percebam a severidade do que se passa no Mundo com o coronavírus. Não paro de pensar no que é a minha vida agora... um inferno. Disseram-me no inicio da semana passada que a minha mãe não estava a sentir-se bem. Mandei-a ir  ao hospital de imediato e após alguns dias sem sinais de melhorar comecei a ficar alarmado», começou por dizer numa introdução em que acrescentou ter dito especificamente para os pais serem ambos testados ao novo coronavírus. Depois de pausa para conter as lágrimas, o desabafo sob a forma de relato esmagador: «Ela não podia estar pior. Os hospitais a fazerem tudo o que podiam, eu a fazer tudo o que podia, mas ela não estava a melhorar. Não deixava de ter febres altas, sentia grande desconforto, a tosse piorava e os pulmões ressentiam-se. Estava a deteriorar-se rapidamente e eu só esperava que o próximo médico, o próximo medicamento, a pudessem ajudar. O meu pai foi para casa de quarentena e ainda lá está, mas ela não teve alta. Num dia estava bem, no seguinte os pulmões pioraram e ficou com dificuldade em respirar. Explicaram-me que teria de ser ligada a um ventilador, e ela, confusa, só gritava. Tentei acalmá-la, disse-lhe que a amo muito, mas dizia-me coisas que não queria ouvir. Agora está em coma induzido e só vou sabendo dela pelos relatórios médicos. É duro. Tento manter a força mas faço este vídeo para que todos vejam como isto é sério. Não pode ser encarado com ligeireza», prosseguiu, emocionado.

 

No vídeo, que dura mais de 5 minutos, Karl-Anthony Towns faz apelo a todos os que o seguem (2,8 milhões no Instagram) para não assumirem atitudes de risco: «Por favor, protejam as vossas famílias e amigos, pratiquem o distanciamento social. Não estejam em locais com muita gente pois é mais provável apanharem esta doença. Isto é mortal! Protejam-se.»

 

Emocionado, com o tom de voz a deixar evidente o desespero em que vive, Towns garantiu, em lágrimas, que não se rende perante o inimigo invisível: «Não desisto em momento algum, nem a minha família, nem a minha mãe. A minha mãe é a mulher mais forte que conheço e vai vencer isto. Adoro-vos.»

 

Antes de despedir-se, prometeu ainda estar «a rezar» por todos os fãs e procurou transmitir-lhes ânimo: «Vamos lutar e ganhar. Espero que todos tenham a informação correta!»

 

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias