Onde estão e o que fazem os guarda-redes do Sporting

Sporting 25-03-2020 11:34
Por Redação

Imagine um jogador profissional de futebol, em isolamento, fechado em casa, confinado a algumas máquinas para exercício físico. Agora imagine tudo isso num... guarda-redes.

 

«Isto é tudo novo. Estamos num momento difícil, ainda para mais nos guarda-redes. Ao nível do treino é muito complicado, devido ao espaço e não terem sequer ninguém para treinar com eles. Não vamos pedir a um guarda-redes que se atire para o chão num apartamento», afirma Tiago Ferreira, treinador de guarda-redes do Sporting, que ontem esteve à conversa, por videoconferência, com A BOLA.

 

«É difícil um guarda-redes treinar-se em isolamento. Essencial é haver contacto com a bola. Se tiver algum colega ou amigo que lhe consiga mandar a bola para a mão, para não perder essa sensibilidade, tanto melhor», acrescenta Tiago, que vai mantendo o contacto diário com os três guarda-redes da equipa e com Nélson Pereira, coordenador do departamento:

 

«Telefono para eles todos os dias. Falamos de alguns lances também, de futebol, eles expõem algumas dúvidas e falamos de outros jogos, movimentos de outros guarda-redes. Estamos sempre em contacto, tal como com o Nélson, temos falado sempre.»

 

Onde estão e o que fazem os guarda-redes do Sporting:

 

MAXIMIANO. «Está num apartamento, não tem muito espaço. Tem feito exercícios com bola e o trabalho físico que todos os atletas têm traçado. Tenho falado com ele para fazer exercícios com bola, como abdominais. O Max trabalha comigo desde os 15 anos, não me surpreende o nível que já atingiu. Está no caminho certo, ainda vai evoluir e acreditamos muito nele.»

 

DIOGO SOUSA. «Ligou-me a pedir alguns exercícios e eu perguntei: ‘Mas tu estás onde?’ ‘Ah mister, estou num apartamento.’ ‘Mas tens espaço?’ ‘Tenho um quarto livre.’ ‘E queres treinar num quarto?!’ ‘Oh mister dê-me uns exercícios para eu não estar parado’. Disse-lhe um ou outro exercício, para insistir na bola na mão, umas bolas no chão, mas não se pode fazer muito mais.»

 

RENAN. «Esta pausa até acaba por ajudar o Renan, que tem mais tempo para recuperar. Nesta altura ainda está entregue ao departamento médico, são eles que definem o treino dele. Deve fazer ginásio e outras coisas. Mas o Renan, tal como os outros, já tem um nível em que não irá perder reflexos, por exemplo. Rapidamente recupera com treino.»

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias