O alerta de Miguel Veloso: «Espero que Portugal não passe o mesmo que Itália»

Verona 21-03-2020 12:31
Por Redação

Miguel Veloso, jogador do Verona, está no centro da pandemia em Itália. Fechado em casa há vários dias, pois o país está em quarentena, falou com o site da Liga Portugal sobre a realidade italiana, sublinhando a necessidade de evitar contágios.

 

- A Itália declarou o estado de emergência no passado dia 31 de janeiro. Que outras medidas têm sido tomadas de forma a conter e prevenir a expansão do surto?

 

As pessoas estão todas em casa. Só se podem deslocar para comprar comida ou para trabalhar. Neste último caso, tem de ser feita uma auto declaração que, não correspondendo à verdade, pode valer uma multa ou até mesmo uma pena.

 

- Acredita que há motivos para haver esperança de que a situação vai melhorar?

A realidade não mostra, para já, sinais de melhoria. Vê-se pelo primeiro país a sofrer do surto, a China, que já passou o pior momento, mas continua a viver efeitos do Covid-19. As pessoas continuam a ter de usar máscaras, a lavar as mãos e a estar sempre por casa quando não estão a trabalhar.

 

- Como tem feito para manter a forma física?

Felizmente o preparador físico do clube tem nos enviado um programa para fazer em casa, tendo em atenção a quem não tem jardim ou terraço, pois não podemos sair à rua para correr.

 

- E ambiente entre os companheiros de equipa?

Os meus companheiros de equipa sabem da situação, que esta tem de ser levada a sério e ser respeitada. Estamos tristes por não podermos fazer o nosso trabalho e o que gostamos, mas a nossa saúde e a de todos é maior que tudo o resto.

 

- Tem acompanhado a situação em Portugal? Como vê a capacidade de resposta do povo português?

Sim, tenho seguido. Tenho parte da minha família em Portugal e preocupo-me, pois, no dia em que foi declarada pandemia, a população não levou a sério e vi fotos de praias cheias. Aqui em Itália, ao início, também ninguém levou a sério e o país está no estado que está por culpa disso e por não se terem respeitado as condições. Hoje sim já entenderam que este vírus é real. Espero que Portugal não passe o mesmo que Itália.

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos