«Príncipe saudita entrou no telemóvel de Jeff Bezos, diz ONU» - Público

Revista de Imprensa 23-01-2020 07:28
Por Redação

«Relatores das Nações Unidas dizem que Mohammed Bin Salman acedeu a informações pessoais do multimilionário para tentar influenciar cobertura do Washington Post sobre a Arábia Saudita.

 

Dois peritos das Nações Unidas pedem que seja aberta uma investigação oficial sobre as suspeitas de que o telemóvel do criador da Amazon e proprietário do jornal norte-americano The Washington Post, Jeff Bezos, foi pirateado pelo príncipe herdeiro saudita, Mohammed Bin Salman. Governo de Riad diz que acusações são “absurdas”.

 

Agnès Callamard e David Kaye, dois especialistas da ONU, assinam uma carta conjunta em que relacionam o ataque sofrido por Bezos com “um esforço para influenciar, se não silenciar, a cobertura do Washington Post [que é propriedade de Bezos desde 2013] sobre a Arábia Saudita”.

 

Os especialistas dizem ter tido acesso a uma análise forense realizada ao telemóvel de Bezos que conclui com um grau “médio a elevado” de confiança que o aparelho foi pirateado “através do envio de um ficheiro de vídeo a partir de uma conta de WhatsApp utilizada pessoalmente por Mohammed Bin Salman”.»

Ler Mais

Últimas Notícias