«Comprimidos para sexo no topo das apreensões» - Jornal de Notícias

Revista de Imprensa 21-01-2020 08:09
Por Redação

«A interceção de medicamentos nas alfândegas por suspeita de falsificação aumentou 48% em 2019. A maioria é para tratamento da disfunção erétil e provém da China, Índia, Brasil e EUA.

 

Entre 2015 e 2019 foram apreendidas nas alfândegas portuguesas 2,5 milhões de unidades de medicamentos (comprimidos, cápsulas) por suspeitas de falsificação. Só no último ano registou-se a interceção de 721 mil unidades, o que representa um acréscimo de 48% face a 2018, de acordo com os dados disponibilizados ao JN pela Autoridade Nacional de Medicamento (Infarmed).»

Ler Mais

Últimas Notícias