CPT4x4 - Campeões consagrados em Valongo (Fotos)

Todo o terreno 15-01-2020 22:03
Por Redação

Sendo um dos municípios com forte ligação à modalidade, Valongo foi palco da gala de consagração dos campeões do Campeonato de Portugal Trial 4x4 de 2019. E no que a prémios diz respeito a equipa Auto Higino (Cláudio Ferreira/Tiago Couto) foi a grande vencedora, com o piloto Cláudio Ferreira a sagrar-se tricampeão da classe Super Proto e a alcançar, pela primeira vez, o bicampeonato em termos Absolutos.
«Foi um ano excelente. Os dois títulos Absolutos têm importâncias diferentes, o primeiro foi muito bom, mas este tem mais sabor», confessou Cláudio Ferreira. 

 

João Fernandes, bicampeão da classe Promoção em 2016 e 2017, regressou aos troféus após pausa em 2018, e, acompanhado por Tiago Alves, venceu cinco provas este ano e, consequentemente, arrecadaram os prémios de melhor piloto, melhor navegador e melhor equipa (JoviTeam).


«Foi um ano muito bom. Correu-nos tudo bem, melhor era impossível», referiu João Fernandes.
 

Na categoria Extreme o pleno foi para a equipa alentejana Team Rafael & Gomes (Carlos e Rafael Gomes), com pai e filho a receberem também o prémio de melhor piloto e melhor navegador no ano de estreia.
«Foi uma experiência positiva. E como se diz: quem corre por gosto não cansa, isto porque as provas são todas cá em cima [Norte]», disse Carlos Gomes. 
 

Quem também venceu tudo o que havia para vencer foi a Team RJ 69 na classe Proto: melhor equipa, melhor piloto (Rui Rocha) e melhor navegador (Pedro Campas).


«Foi um ano muito competitivo, começámos bem, pelo meio perdemos e no fim conseguimos alcançar o que queríamos», sublinhou o piloto Rui Rocha.   

Na classe UTV/Buggy a dupla Carlos Martins/João Pinto (Reciclopeças Team) levou para casa os troféus de melhor piloto, melhor navegador, respetivamente, e também melhor equipa.


«Foi um teste a nós e à máquina, em que tínhamos de a levar ao limite para conhecer os nossos pontos fracos. Era esse o nosso objetivo e penso que cumprimos», realçou João Pinto.

Prémios individuais

 

De referir ainda que Luís Moreira (Full Stress) ganhou o troféu de melhor navegador da classe Super Proto, enquanto Miguel Costa (Team Lucrofusão) levou para casa uma dupla distinção: o Troféu Nuno Graça e a Taça de Melhor Navegador Absoluto de Trial 4x4.

 

Nesta gala foi ainda distinguida com o Prémio fair Play, por votação das equipas presentes, a equipa Team Rj69, enquanto o piloto Rui Rocha, da mesma equipa, foi agraciado com o prémio carreira. O piloto Luís Bacelo (Oficina Bacelo) venceu o prémio dedicação e António Henriques (Mister Reboques) e João Fernandes (JoviTeam) foram ambos distinguidos com o prémio prestígio.

 

Em jeito de fecho de época e lançamento da nova temporada Paulo Magalhães, da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) mostra-se otimista: «É importante para a federação espalhar a mancha geográfica desta prova, vamos ter outras autarquias envolvidas e esperemos que, tal como tem sido habitual, que seja disputado ate à última prova.»


No que diz respeito à prova deste ano, a apresentação oficial está agendada para 1 de Fevereiro, em Mangualde, sendo certo que o arranque será em Valongo e o fecho em Paredes.


Fotos GoAgency

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias