União vai recorrer ao TAD e quer suspender campeonatos

União 04-07-2018 08:50
Por Orlando Vieira

O presidente do União, Filipe Silva, foi duro na resposta à decisão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em confirmar a subida do Santa Clara à Liga. O CD julgou improcedente o recurso apresentado pelo União contra a multa aplicada ao clube açoriano pela não inscrição de dois jogadores sub-23 no jogo com a equipa madeirense, na 25.ª jornada e em que o Santa Clara venceu, bem como nos jogos com Gil Vicente e Varzim.


O dirigente unionista foi muito claro a A BOLA naquilo que o clube vai fazer perante esta tomada de posição: «Isto não nos surpreende em nada, por isso vamos recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto [TAD]. Temos um prazo de 10 dias para fazê-lo e é garantido que isso vai acontecer. Este é o maior escândalo do futebol português e a Liga de Clubes vai ter muito que explicar e tudo bem explicadinho.» 


«Garanto que o União vai fazer os possíveis e impossíveis para impedir o arranque dos campeonatos profissionais em Portugal. Como esta decisão não transitou em julgado vamos requerer o efeito suspensivo. Nós não queremos nem vamos estar à espera que o TAD nos dê razão daqui a um, dois, três anos e depois que exista uma decisão para sermos reintegrados na Liga 2», disse ainda.
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias