«Perdemos Rildo provavelmente por muito tempo»

Santa Clara 23.11.2022 23:09
Por Redação

O treinador do Santa Clara, Mário Silva, manifestou o seu inconformismo pelo desaire (1-2) averbado pela equipa da Liga na noite desta quarta-feira diante do Leixões (Liga 2), em jogo do Grupo G da Taça da Liga disputado no Estádio do Mar, em Matosinhos, depois de terem estado em vantagem no marcador, nesta estreia da equipa açoriana na fase de grupos da prova na presente temporada, e com o autor do golo dos açorianos, Rildo, a ter de substituído ao intervalo por lesão, revelou-o o técnico.


«Entrámos bem no jogo. Não era fácil, com o campo nas condições em que estava o relvado, praticar bom futebol. Perdemos o Rildo, teve de ser substituído ao intervalo por lesão, algo que nos penalizou, além da expulsão. Nunca atirámos a toalha ao chão, mas as coisas ficaram mais difíceis, ante um rival [Leixões] bem organizado e numa série positiva de resultados», afirmou Mário Silva, em declarações à Sport TV, no final do encontro.


«Então com menos um [inferioridade numérica, dez para 11 desde os 29’, por expulsão de Cristian Tassano, capitão] tornou-se ainda mais difícil. Isto não é desculpa, mas condicionou bastante, claramente. O Leixões aproveitou bem e conseguiu dar a volta. Fizemos algumas alterações na equipa e vamos continuar assim na Taça da Liga: é importante para os jogadores, há gente com necessidade de minutos», é a filosofia posta em prática para a Taça da Liga, atestada pelo técnico dos micaelenses.


«Parabéns ao Leixões. Fico triste pelo resultado e por perdermos um jogador provavelmente durante algum tempo, fico triste pelo Rildo», lamentou-se Mário Silva, profundamente preocupado com a possível alegada gravidade do autor do único golo da equipa de Ponta Delgada em Matosinhos, aos 18’.


«Temos três jogos pela frente. O objetivo é jogo a jogo. Agora, é vencer em nossa casa [a Oliveirense, na 2.ª jornada a 1 de dezembro] e dar uma resposta diferente. Equipa é nova e nota-se que está a crescer. Não é um resultado menos positivo que nos vai afetar ou abalar. Fizemos uma primeira parte bem conseguida, chegámos em vantagem ao intervalo, não conseguimos segurá-la», concluiu Mário Silva.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias