«Hoje não quero ir por aí…»

FC Porto 27-11-2021 12:44
Por Redação

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, chutou para canto várias questões específicas sobre jogadores do plantel, durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo deste domingo com o V. Guimarães, no Estádio do Dragão.

 

Primeiro foi sobre as movimentações de Taremi nos jogos. «Não quero muito entrar por aí, sinceramente hoje é dos dias em que não me apetece falar de nenhum jogador em especial…»

 

Mais à frente, a propósito de outra questão, voltaria ao tema para explicar melhor. «Tem a ver com a estratégia para o jogo e não quero entrar por aí…»

 

Pouco depois, outra referência. «Eu quero falar do coletivo hoje, da dinâmica da equipa…»

 

E mais do mesmo quando foi questionado sobre o ‘eclipse’ de Corona, embora aí acabando por deixar um recado . «Hoje não me apetece falar do individual, mas sim do coletivo e do que temos de ser como equipa e não entrar em questões de pormenor, até porque me ia repetir sobre esse atleta. O FC Porto precisa que ele jogue mais e mais tempo e tem de se preparar para quando for chamado.»

 

Quanto ao jogo, desenvolveu mais: «Focamo-nos essencialmente na nossa equipa, no nosso trabalho, mas obviamente que olhamos para o adversário. O Vitória é um histórico no nosso país, com uma paixão incrível dos adeptos, e é sempre difícil de defrontar, com boas individualidades, bons treinadores, tem normalmente equipas competitivas ano após ano e que exigem muito dos adversários para lhes ganhar. É isso que esperamos», disse.

 

Analisou depois ao pormenor o adversário, em termos táticos e de dinâmica, concluindo tratar-se de «uma equipa interessante e com individualidades interessantes, com alguma experiência e irreverência».

 

Por fim, quanto ao facto de o V. Guimarães jogar com uma linha de quatro na defesa, o que vai sendo raro na Liga portuguesa, Sérgio Conceição desvalorizou. «Temos de olhar para nós e para o que temos de fazer nos diferentes momentos do jogo, com base nos pontos fortes e fragilidades do adversário. Depois se o adversário atrás tem uma linha de quatro, cinco ou seis…. Isso às vezes é muito enganador.»

Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias