«Não vou ser eu a tentar ter mais jogadores»

Sporting 18-09-2021 13:35
Por Redação

Questionado sobre a falta de mais um defesa-central, face à lesão de Gonçalo Inácio, Rúben Amorim fez questão de reforçar, este sábado, em conferência de Imprensa, que há um projeto no clube que visa a aposta na formação e não se pretende desviar dele.

«A derrota doeu a toda a gente: aos jogadores, equipa técnica, adeptos. A ilusão é muito grande, fomos claramente de peito aberto. Uma equipa que sente o jogo como a nossa sente.... Sei o projeto em que estamos inseridos. Temos que olhar para isso, o nosso projeto passa pela formação, levantar o clube em todos os aspetos, ir à Liga dos Campeões não pode mudar nada do projeto, por isso, não vou ser eu a tentar ter mais jogadores, o que temos de fazer é seguir o que tínhamos a fazer doa a quem doer.»

Tendo em conta que Neto termina contrato no final da época, Rúben Amorim foi confrontado com a possibilidade de renovação do central e não lhe poupou elogios: «Ainda é muito cedo para falar na próxima época, mas estamos muito contentes com o Neto, é um exemplo do que deve ser um jogador. Já foi titular, já perdeu o lugar para o Inácio, já o recuperou, trabalha sempre para jogar.»

Instado a revelar que centrais da formação poderão estar mais perto de dar o salto para a equipa principal, o treinador não falou em nomes: «O Inácio quando surgiu na equipa principal era suplente a defesa-esquerdo nos sub-23, nestas idades muda muito o que acontece. O dia de amanhã pode não ser com três centrais, o futebol vai evoluindo, vou vendo os treinadores que sabem mais do que eu - como no jogo com o Ajax - [risos] e vamos tirando ideias. O Sporting neste momento tem estas condições e nisso não se mexe.»
 

 

 

Ler Mais
Comentários (51)

Últimas Notícias

Mundos