Clubes contestatários ameaçam: «Em último caso, vamos os seis para a porta da UEFA»

Campeonato Portugal 28-05-2020 20:07
Por Redação

Os seis clubes do Campeonato de Portugal que pretendiam disputar o play-off de acesso à Liga 2 garantiram, esta quinta-feira, que, em última instância, não hesitarão em recorrer à UEFA para que seja feita justiça.

 

Em conferência de imprensa conjunta numa unidade hoteleira de Lisboa, os presidentes Luís Torres (Olhanense), Adelino Ramos (Real Massamá), Jorge Neves (Benfica e Castelo Branco), Hugo Mendes (Lusitânia de Lourosa) e Jorge Fernandes (Fafe), aos quais se juntou por videoconferência Marco Monteiro (Praiense), reforçaram o pedido para a realização de uma reunião com Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, após este não ter comparecido na reunião do passado dia 8 de maio.

 

A FPF, recorde-se, indicou Vizela e Arouca, os dois clubes com mais pontos, para a subida à Liga 2, na sequência da conclusão precoce da competição, em 8 de abril, depois da suspensão preventiva, por tempo indeterminado, em 12 de março, devido à pandemia de Covid-19.

 

Os presidentes dos seis clubes consideram que a decisão administrativa «acaba por violar os princípios da justiça, da transparência, da boa-fé e da verdade desportiva» e que «não se viu a mesma vontade e disponibilidade que se viu na I Liga», que vai ser retomada a partir de 3 de junho, realçando que o Governo «nunca disse que não se podia realizar o play-off do Campeonato de Portugal.»

 

Luís Torres, presidente do Olhanense, deixou o aviso: «Em último caso, vamos os seis para a porta da UEFA. Pedimos que seja feita justiça e que não se prejudique os clubes mais do que já foram prejudicados. A nossa voz não se vai calar.»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (5)

Últimas Notícias

Mundos