Bicampeões recebidos no Salão Nobre 

Futebol de Praia 18-02-2020 10:52
Por José Carlos de Sousa

Distinção e emoção na cerimónia de receção aos bicampeões mundiais de futebol de praia, que  ontem decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Braga, onde a equipa arsenalista foi recebida por uma pequena multidão agradecida e pronta para festejar a revalidação do título, conquistada anteontem, em Moscovo.  


«Quem me conhece sabe que sou lutador, sou guerreiro, meto a cabeça onde outros não metem o pé, mas também facilmente me derreto em lágrimas. O que eles [jogadores] me transmitem, o que me oferecem, acaba por ser tudo o que eu mais desejaria. Antes disto [apontou para o troféu], eu prefiro o que eles me dão, porque é isso que fica para a vida», foi com emoção que Bruno Torres, treinador dos bracarenses, se dirigiu aos seus jogadores na plateia de sala tão nobre e grande beleza.  


«Esta competição foi um pouco diferente das anteriores, mesmo em relação à realizada no ano passado, porque agora defrontámos a equipa da casa na final [Spartak Moscovo, batido por 8-3...] num ambiente super-hostil. Algo que nos colocou à prova como nunca; e nós demonstrámos que temos caráter de guerreiro», fez questão de realçar o técnico no  seu discurso, que procedeu os do presidente da autarquia, Ricardo Rio, e do líder do SC Braga, António Salvador, com ambos a agradecerem mais um  feito da equipa de futebol de praia, que também conquistou, neste Mundialito, dois títulos a nível individual: Filipe Silva foi o melhor jogador e Padilha o melhor guarda-redes do torneio.      
 

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias