André Geraldes quer mudanças e Jorge Andrade regressa ao E. Amadora como consultor desportivo

E. Amadora 02-12-2021 10:16
Por Eduardo Pedrosa Marques

Mesmo quando sintam ter razões para protestar, seja relativamente a arbitragens, na sua ótica, negativas ou por qualquer outro motivo, os elementos ligados à estrutura do futebol profissional do Estrela da Amadora terão de passar a ter mais contenção. Esta é uma das ideias-chave da SAD liderada por André Geraldes para o imediato.


Pese embora as polémicas recentes estarem assentes em razões de queixa factuais (no entender dos responsáveis tricolores), sabe A BOLA que a cúpula diretiva do emblema da Reboleira pretende colocar algum travão na forma como os protestos têm sido levados a cabo.


Como tal, e de acordo com os dados recolhidos pelo nosso jornal, as medidas a tomar foram pensadas ao pormenor, sendo que uma delas passará pela limitação da presença de agentes desportivos do clube na zona técnica em dias de jogos. Esta tomada de posição de André Geraldes pretende, no fundo, proteger o clube da exposição mediática a que tem estado sujeito, nomeadamente nos últimos dias, em virtude da polémica criada depois do jogo com o Benfica B, na passada segunda-feira, sendo que o líder máximo da SAD não admite que o nome do Estrela da Amadora possa ser constantemente falado pelas piores razões.

 

Com o objetivo de dotar o clube com mais uma figura de responsabilidade, A BOLA está em condições de adiantar que Jorge Andrade, antigo jogador do clube e internacional português, é o novo consultor desportivo do Estrela da Amadora. Neste seu regresso à Reboleira, trabalhará em estreita ligação com o Conselho de Administração tricolor.
 

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias