PlayStation 5: o que se já se sabe sobre o novo comando

Jogos 25-08-2020 15:59
Por Redação

O lançamento oficial da PlayStation 5 está para breve e à medida que vão sendo libertadas informações a conta gotas, o mundo dos ‘gamers’ vai-se agitando com curiosidade e excitação. Afinal, o que trará de novo a consola de próxima geração da Sony?

 

Para além da vasta evolução da Playstation 5 face à Playstation 4 em termos de processador, com o Zen 2, do GPU, baseado na tecnologia RDNA2 da AMD, e com introdução dos discos SSD, em detrimento dos discos rígidos convencionais, a Sony também pretende inovar em mais aspetos.

 

 

O novo comando da PS5, Dual Sense, é disso um bom exemplo: é um salto de gigante em termos tecnológicos face ao Dualshock 4 da PS4.

 

A primeira tecnologia a salientar é o «feedback háptico», que passa pela resposta ao que estamos a fazer no jogo como, por exemplo, o recuo da arma quando estamos a disparar, as dificuldades de passar por lama ou coisas mínimas como sentir a chuva. Tecnologia que, sabe-se já, vai ser utilizada por diversos estúdios.

 

O diretor criativo Brian Horton, de Marvel's Spider-Man: Miles Morales explicou que «a precisão de feedback háptico vai permitir fazer todo o tipo de novas coisas, como dar pistas aos jogadores de que direcção vêm os ataques.»

 

 

Kazunori Yamauchi, criador da franchise Gran Turismo, também destacou a tecnologia.  «Comparando com o feedback que tínhamos, o carácter especial do feedback háptico é que ele tem uma gama maior de frequências que pode produzir, o que significa que o design sonoro e o tátil podem ser tratados de forma contínua e integrada.»

 

Outra nova tecnologia são os gatilhos adaptáveis, ou seja, o jogador irá sentir tensão quando está, por exemplo, a puxar o fio do arco para disparar uma flecha ou travar um carro.

 Mathijs de Jonge, da Guerrilla Games, realçou a importância dessa tecnologia. «Os gatilhos adaptáveis do DualSense irão ajudar-nos a fazer com que as armas se tornem ainda mais únicas e com que seja ainda mais satisfatório usá-las.»

 

 

O diretor do Japan Studio, Nicolas Doucet, também deu a sua opinião.

 

«Como criador queremos surpreender com sensações inesperadas e por isso o feedback háptico tem sido o nosso foco central para o Astro’s Playroom. O conceito de ‘sentir o mundo’ é omnipresente, o que é um passo gigantesco na imersão. Tentei desligar o feedback háptico uma vez e não queria acreditar no quanto sentia a sua falta. É sem dúvida um game changer.»

 

 

A PS5 traz também o Tempest 3D AudioTech. Esta nova tecnologia irá permitir ao jogador sentir o som à sua volta dentro do jogo e saber ao certo o ponto de onde vem, por exemplo, um inimigo.

 

Atualmente os estúdios utilizam técnicas para simular, nomeadamente aumentado o volume do efeito quando se aproxima, outros têm surround sound, que é mais realista, mas o Tempest 3D AudioTech vai mais longe e dá outra profundidade ao som, com o intuito de tentar enganar o cérebro a pensar que o som vem de um determinado local no jogo. Algo difícil de explicar, mas de fácil compreensão quando o jogador experimentar. A utilização de auscultadores potencia a experiência.

 

 

 

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias