36 detidos e perto de 6800 pessoas impedidas de entrar durante fecho de fronteiras

País 01-07-2020 14:58
Por Redação

Trinta e seis pessoas foram detidas e cerca de 6800 foram impedidas de entrar em Portugal nos três meses em que as fronteiras com Espanha estiveram encerradas, desde 16 de março até hoje.

 

As fronteiras foram então controladas em Pontos de Passagem Autorizados (PPA) , sob responsabilidade do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em colaboração com a GNR.

 

De acordo com o Ministério da Administração Interna (MAI), o SEF controlou um total de 882.958 pessoas nas travessias para Espanha, 6790 dos quais foram impedidas de entrar no país e 36 foram detidas.

 

O PPA onde mais pessoas foram controladas foi em Valença (Viana do Castelo), com um total de 339.634, seguido de Caia, Elvas (136.047), Vilar Formoso, Guarda (111.363), Vila Verde da Raia, Chaves (106.918), Castro Marim, Faro (66.507), Vila Verde de Ficalho, Beja (34.247), Quintanilha, Bragança (34.225), Termas de Monfortinho, Castelo Branco (18.401) e Marvão, Portalegre (9363).

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias