Festivais de música proibidos até 30 de setembro

Música 07-05-2020 18:40
Por Redação

O Governo proibiu a realização de festivais de música até 30 de setembro. Uma medida anunciada esta quinta-feira, justificada com a pandemia de Covid-19.

 

«Impõe-se a proibição de realização de festivais de música, até 30 de setembro de 2020, e a adoção de um regime de caráter excecional dirigdo aos festivais de música que não possam realizar no lugar, dia ou hora agendados, em virtude da pandemia», pode ler-se no comunicado do Conselho de Ministros.

 

Para os espetáculos agendados entre 28 de fevereiro e 30 de setembro, o executivo vai garantir a emissão de «um vale de igual valor ao preço do bilhete», de forma a garantir o direito dos consumidores.

 

Entre a lista de festivais afetados por esta parcela de tempo encontram-se: Nos Alive (8 a 11 de julho), Super Bock Super Rock (16 a 18 de julho), Meo Sudoeste (4 a 8 de agosto), Vodafone Paredes de Coura (19 a 22 de agosto) e Vilar de Mouros (27 a 29 de agosto).

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias