Em tempo de confinamento, Governo pede às mulheres para não incomodarem maridos

Malásia 31-03-2020 10:49
Por Redação

O governo da Malásia emitiiu nos últimos dias várias diretrizes dirigidas às mulheres em tempos de confinamento a casa, aconselhando, por exemplo, que não chateiem os maridos e, estando em casa, evitem as roupas informais.

 

De acordo com a Reuters, vários posters sob a hashtag #WomenPreventCOVID19, o Ministério para os Assuntos da Mulher publicou vários conselhos sobre como evitar conflitos domésticos durante o confinamento, que começou a 18 de março.

 

Um dos posters diz às mulheres para evitar serem «sarcásticas» quando falam em tarefas domésticas, mostrando o homem sentado no sofá; outro pede-lhes que se vistam e maquilhem como se fossem sair, mesmo trabalhando em casa.

 

«É extremamente condescendente tanto para mulheres como para homens», referiu Nisha Sabanayagam, representante da ONG All Women’s Action Society. «Estes posters promovem a desigualdade de género e perpetuam o conceito de patriarcado», acrescentou.

 

 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Últimas Notícias