Grosjean despista-se na estreia no IndyCar

Automobilismo 26-02-2021 15:43
Por José Caetano

 

Romain Grosjean iniciou com o pé esquerdo a experiência no IndyCar. O piloto francês, recuperado do acidente tão espetacular como violento na penúltima corrida do Mundial de Fórmula 1 do ano passado – o Haas-Ferrari, após embate nas barreiras de proteção do circuito de Sakhir, Bahrein, partiu-se em dois e o ‘cockpit’ transformou-se numa bola de fogo! – despistou-se durante a primeira sessão de testes com o Dallara-Honda da equipa Dale Coyne, no Barber Motorsports Park, em Birmingham, no Alabama (EUA).

 

Este acidente, felizmente, não teve quaisquer consequências físicas para o francês de 34 anos e o monolugar também foi recuperado muito rapidamente pelos mecânicos, depois de rebocado para as boxes, o que permitiu a Grosjean concluir o plano de trabalho. Mas, na estreia, Romain demasiado discreto: após 83 voltas, 12.º entre 12 participantes.

 

No final, Grosjean reconheceu que ainda não está totalmente recuperado do acidente em novembro do ano passado. «A mão esquerda aguentou-se bem, mas começou a doer-me na parte final do treino. A recuperação é longo e exige paciência e sacrifício», afirmou o piloto, que também falou nas diferenças entre os Fórmula 1 e os IndyCar. «Habituei-me a manter-me nas linhas ideias de trajetória, devido ao funcionamento da aerodinâmica… Aqui, dispomos de mais liberdade, pode aproveitar-se mais e melhor os limites da pista, mas esta mudança obriga a um período de adaptação», disse o francês, que competirá só nos circuitos convencionais do campeonato e não nas ovais.

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias