Sandra Silva ataca federação: «Obrigado pelo docinho e por logo a seguir me fazerem sentir um lixo»

Atletismo 04.08.2022 20:55
Por Redação

Presença no Mundiais de Atletismo em Eugene, disputados em julho, Sandra Silva ficou fora do Campeonatos da Europa. Através das redes sociais, a atleta justificou a exclusão, frisando que não abdicou da presença na prova e apontou o dedo à Federação Portuguesa de Atletismo.


Recorde-se que em Eugene, nos Estados Unidos, Sandra Silva foi 35.ª classificada nos 35 quilómetros de marcha. No total, concluiu o percurso em 3.17,23 horas, a 38,07 minutos da vencedora da prova, a peruana Kimberly García.


«Só para dizer àqueles que sempre me apoiam e que vão questionando...não, eu não abdiquei do Europeu. Desde o Mundial que eu vinha sendo motivada por mensagens a continuar e mostrar de novo o meu valor no Europeu em Munique . Mas na terça-feira recebo um telefonema a dizer que isso já não será possível. Cumprindo todos os requisitos impostos pela FPA [Federação Portuguesa de Atletismo] para estes campeonatos vejo-me de fora deles e agora já com resposta a esta situação. Fiquei de fora porque estou muito aquém das expectativas, mesmo com um recorde pessoal. Obrigado FPA pelo docinho e por logo a seguir me fazerem sentir um lixo. Aos meus amigos agradecer por todas as mensagens de força que vão deixando. Deus sempre no comando de tudo», pode ler-se.
 


Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias