Portugueses entram a perder na Taça da Europa

Bilhar 29.06.2022 20:38
Por António Barroso

Centro Norton de Matos (Coimbra) e Clube Eborense de Bilhar, a estrear-se também com um resultado adverso, iniciaram esta quarta-feira com derrotas a participação portuguesa na Taça da Europa de Clubes de Bilhar Carambola (3 tabelas), que começou neste dia e decorre até domingo, 3 de julho, na Academia de Bilhar do FC Porto, no Estádio do Dragão (Porto), de entrada livre a todos os adeptos.


A ‘Champions do bilhar’ conta com 23 equipas de 12 países europeus, entre as quais os conimbricenses, a formação alentejana e o FC Porto, organizador do prestigiado torneio, a par da Federação Portuguesa de Bilhar (FPB) e da União Mundial de Bilhar (UMB).


O primeiro clube português a entrar em ação na prova foi o Centro Norton de Matos, que, no Grupo B, perdeu por 0-2 ante um dos mais fortes candidatos ao título europeu, o Tekxtil (Turquia).


O sétimo do ranking da (UMB) Tayfun Tasdemir, bateu Paulo Andrade, da formação conimbricense, por 40-19 em 16 entradas (visitas à mesa).


Nos outros três duelos em simultâneo também no pano azul, Murak Coklu superiorizou-se a Mário Aranha por 40-20 (em 33 entradas), Lufti Cenet suplantou Miguel Rocha pelo mesmo resultado (40-20) mas em 19 entradas e Gokhan Salman venceu João Rafael por 40-19 (em 28 entradas).


Os coninbricenses defrontaram depois, já na sessão noturna, e num Grupo B que inclui ainda o Billiard Club de Zurique (Suíça) – jogo na quinta-feira, dia 30, às 17.45 horas, a despedida dos beirões da competição – a formação belga do Kortrijske Billiard Club, encontro que ainda está em curso nesta altura.


Passam à 2.ª fase apenas os primeiros classificados de cada um dos cinco grupos, mais os dois melhores segundos classificados. Estas sete equipas vão juntar-se ao FC Porto, que já está na segunda fase da prova e aguarda por mais três rivais, no Grupo 2.


Depois, só os dois primeiros de cada uma destes grupos de quatro equipas, na segunda fase, segue para as ‘meias’ da prova no domingo, dia em que se joga a grande final e é encontrado o novo campeão europeu, que sucederá aos franceses do La Baule.


A meio da tarde veio a estreia do Clube Eborense de Bilhar na ‘Champions da carambola’, com derrota (02) também ante o Billiard Club de Munique (Alemanha).


José Baião não resistiu a Johan Schirmbrand (26-40, em 31 entradas), enquanto Luís Santos perdeu por margem tangencial (31-32 no limite das 50 entradas possíveis) com Ferdinand Müller.


Pela equipa alentejana, Mário Azevedo também não travou Robertino Hermann (36-40, em 46 entradas) mas Alexandre Vitorino reclamou a primeira vitória de um português no torneio, ante Christos Christodoulidis (40-29, em 32 entradas), embora sem conseguir evitar o desaire no encontro.


Inserido no Grupo A, de cinco equipas, o quarteto do Clube de Bilhar Eborense volta à ação na manhã de quinta-feira (10.45 horas) nas mesas da academia portista, para defrontar o Billiard Club Elite Viena (Áustria), seguindo-se, também no mesmo dia 30 do corrente mês, mas durante a tarde (17.45 horas) o Varde BK (Dinamarca).


O último jogo dos alentejanos no Grupo A é ante os espanhóis do Paiporta, na sexta-feira, 1 de julho (13.30 horas).

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias