Klopp fez nove mudanças e mesmo assim ganhou: «É como ter Ferraris na garagem»

Liverpool 18-05-2022 11:14
Por Redação

No jogo em que manteve viva a esperança de conquistar a Premier League, esta quarta-feira, na deslocação a Southampton, jogo que os reds venceram por 2-1, Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, trocou nove jogadores que estiveram na final da Taça de Inglaterra, em Wembley, frente ao Chelsea: Robertson, Oxlade-Chamberlain, Van Dijk, Fabinho, Salah, Alexander-Arnold, Mané, Thiago Alcântara, Luis Díaz.

 

Ainda assim, o treinador alemão deixou enormes elogios aos que conquistaram os três pontos num campo sempre difícil para a equipa de Anfield.

 

«É muito difícil gerir as emoções dos que não são habitualmente titulares, mas aconteça o que acontecer este ano também é mérito deles. Foram excecionais e mostraram todas as suas qualidades. Na verdade, é como ter Ferraris na garagem», defendeu, sorridente, o técnico finalista da Liga dos Campeões.

 

«Deixamo-los sair e eles portam-se assim. O Harvey Elliot, não sei bem a última vez que jogou; o Curtis Jones está sem ritmo, só joga às vezes. O Minamino é um crime que não jogue mais vezes. O Oxlade-Chamberlain está em grande forma», apontou. 

 

«Se fazer nove mudanças não tivesse resultado era responsabilidade minha; assim é mil por cento graças a eles», completou. 

 

 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos