«Pako Ayestarán era brilhante, Benítez deitou tudo a perder»

Liverpool 15-04-2021 20:51
Por Redação

Pako Ayestarán, atualmente no comando técnico do Tondela, foi o ‘braço direito’ de Rafael Benítez durante cerca de onze anos. Em setembro de 2007, porém, a longa parceria chegou ao fim, de forma abrupta, quando a dupla espanhola se encontrava ao serviço do Liverpool

 

Na altura, Benítez terá acusado Ayestarán de manter reuniões secretas com outros clubes, tendo em vista vagas para o cargo de treinador principal.

 

«Uma das questões com as quais senti que o Rafa deitou tudo a perder foi com Pako Ayestarán. Ele era fantástico. Ele, simplesmente, geria o clube. Estava envolvido em tudo», recordou Peter Crouch, antigo avançado do Liverpool, no seu podcast, transmitido pela BBC Radio Five Live.

 

«Por qualquer razão, ele e o Rafa desentenderam-se, e, na verdade, quem ficou a perder foi o clube. Ele era muito bom, toda a gente gostava dele. Era brilhante no que fazia, tinha o nosso respeito. Se ele fosse duro connosco, aceitávamos, porque vinha de dentro. Cumpria duas ou três funções diferentes», salientou o inglês.

 

Em 2008/2009, Pako Ayestarán integrou a equipa técnica do Benfica, liderada por Quique Sánchez Flores, como preparador físico.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos